Notice: Undefined index: redirect in /home/apam1/apam.com.br/wp-content/plugins/wordpresstemp_ver1/includes/_bb_press_plugin.class.php on line 451

História

A Associação Paulista de Motéis foi fundada no dia 25 de fevereiro de 1987 por Milso Pedro Campos, com o objetivo de concentrar os interesses de donos de estabelecimentos do segmento moteleiro e auxiliá-los com serviços e benefícios fundamentais para deixar a classe unida e fortificada.

Na época já existia um grande número de motéis espalhados pelo Estado de São Paulo. Porém, havia também um grande preconceito entre os hóspedes, que viam o lugar como centro de ato libidinoso. Além disso, havia constantes perseguições policiais nos motéis, que causava desconforto aos hóspedes.

Para que o setor não fosse mais classificado como criminoso (já que se enquadrava no Art. 229, sobre casas destinadas a encontros para fins libidinosos) e os motéis se livrassem da pesada fiscalização feita diretamente pela Secretaria de Segurança Pública, a APAM sugeriu que o poder de fiscalização fosse retirado das mãos da polícia – a aprovação ocorreu com a Lei 8.556. de 7 de março de 1994.

A Lei em questão foi aprimorada em 10 de dezembro de 1997, com a criação da Lei de nº 9.871, que registrava os estabelecimentos moteleiros na Secretaria de Esporte e Turismo. A ação teve o apoio do Deputado Campos Machado (PTB), que era conhecedor dos problemas moteleiros, por ter atuado como advogado da categoria durante anos e ter sido o autor da Lei de 1994. A partir disso, surgiu então o projeto de Lei nº 49/96, que resultou na aprovação, em 1997 do registro na Secretaria. Campos Machado foi eleito Patrono da Associação.

A Lei fez com que os donos de motéis ganhassem respeito de todos os empresários de outros ramos, bem como da população como um todo, que viu no motel, excelente alternativa para valorizar bons momentos. Isso evitou também, que muitos proprietários saíssem algemados de seus estabelecimentos durante a madrugada por serem autuados.

Após toda a comemoração, o Inspetor da Secretaria do Direito Econômico do Ministério da Justiça, exigiu que todos os motéis do Estado de São Paulo utilizassem a diária de 12 horas pelo mesmo preço que era cobrado o período – sob pena de fechamento do estabelecimento. Inconformada, a APAM foi à luta mais uma vez, apoiada pelo Dr. Nelson de Abreu Pinto.

Como forma de manifestação, a associação uniu-se ao Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Estado de São Paulo para questionar a medida adotada e alegar que esta era contrária a uma Lei Estadual que permitia que a categoria fracionasse as diárias em períodos. Uma audiência foi realizada na sede do Sindicato, na qual foi estabelecida a seguinte cláusula: “Os estabelecimentos hoteleiros, inclusos os motéis e outros meios de hospedagem, obrigam-se a estabelecer diárias para períodos mínimos de permanência, segundo critério próprio, bem como adicionais por hora excedente, devendo manter informações em caracteres legíveis junto à recepção e seus cardápios”.

Milso sonhava com uma Associação acessível a todos os moteleiros, de modo que dela todos desejassem fazer parte. E sua vontade foi feita. Hoje, a APAM reúne cerca de 200 dos mais de 1.200 motéis espalhados por São Paulo.

Além de Milso, já passaram pela cadeira de presidente da Associação, Ivódio Tessorato e José Albino Alves Carreira, que faleceu no segundo semestre do ano de 2011. A partir do mesmo ano o Sr. Rafael Vasquez Rodrigues presidiu a entidade com muita firmeza e força de vontade , e no dia 07 de maio de 2014, o Sr. Humberto Sammarco tomou posse  como atual Presidente.

A história da APAM, que está prestes a completar 27 anos de existência, é prova de que se a classe for unida e bem representada, é possível garantir direitos e conseguir grandes benefícios ao setor.

Interested in medicines online? Fortunately, there are web-sites where you can buy drugs easily. Present twenty percent of men aged 40 to 70 were have trouble keeping an erection during sex. It affects men of all races. A lot of consumers consider about “cialis for daily use cost“. Our article focuses on the signs of erectile malfunction and “http://rootinfonline.com/generic-cialis-online.html“. Questions, like “generic cialis online“, are linked different types of soundness problems. In reality, a scientific reviews found that up to three quarters of humanity on these curing experience side effects. What must you ask a sex therapist before ordering Viagra? Tell your physician if you are capture any other medications. Online dispenser services are the only safe variation if you are going to purchase remedies, like Viagra, online.